Dissertation Writing service Buy Dissertation Online essay writing service cheap essay writing Pós-Graduação | Departamento de Educação
 

Pós-Graduação

            

     

O PROGRAMA

O Programa de Pós-Graduação em Ensino das Ciências tem como objetivos desenvolver pesquisas centradas na área de Ensino de Ciências da Natureza e Matemática, tendo como foco principal a questão da docência e da aprendizagem de ciências e matemática nos diferentes níveis de ensino; construir uma visão ampla sobre a pesquisa em ensino de ciências com os mestrandos e doutorandos; contribuir para elevar o nível de formação de professores de ciências, principalmente aqueles que já atuam na rede pública de ensino, e oferecer oportunidades de formação acadêmica para alunos egressos das diversas licenciaturas da UFRPE e outras instituições de ensino superior e estabelecer intercâmbios de cooperação com outras instituições educacionais em nível local, regional, nacional e internacional.

O Programa possui atualmente o conceito 4 da Capes e recebe bolsas de estudos da CAPES, CNPq e FACEPE (Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco). Temos assim dois cursos:​
Ensino de Ciências e Matemática – Mestrado

Portaria de Criação:

Reconhecimento - Trienal 2010: https://www.capes.gov.br/images/stories/download/legislacao/Portaria-107...
Reconhecimento - Trienal 2013: http://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?data=27/07/20...

Reconhecimento - Quadrienal 2017: http://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?data=18/03/20...

Ensino de Ciências e Matemática – Doutorado
Homologado pelo CNE ( Portaria nº 1045/2010 )

Portaria de criação: http://www.prpg.usp.br/images/Downloads/Legislacao/Portarias_MEC/Port.ME...

Reconhecimento - Trienal 2013: http://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?data=27/07/20...

Reconhecimento - Quadrienal 2017: http://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?data=27/07/20...

O Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática tem como área de concentração: Ensino de Ciências e Matemática

No dia 23 de janeiro de 2008, por meio da portaria n.9 da CAPES, foi criado a GRANDE ÁREA MULTIDISCIPLINAR, dentro dela foram definidas áreas interdisciplinares. Entre essas temos a área de ENSINO. Assim temos na tabela da CAPES:

Área de avaliação: ENSINO

90200000 - ENSINO

90201000 - ENSINO DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA

 


 

O PROGRAMA

Este Programa associado nasce a partir da construção de interfaces interinstitucionais e acadêmicas desenvolvidas e amadurecidas ao longo dos últimos anos entre a FUNDAJ e a UFRPE. O curso visa formar docentes e pesquisadores em um contexto complexo e dinâmico que marca os atuais tempos da sociedade do conhecimento. Nestes termos objetiva a partir de um processo inovador promover a produção do conhecimento que aponte para respostas aos problemas emergentes e estruturadores da sociedade atual, favorecendo a compreensão de forma mais apropriada dos processos de formulação e gestão das Políticas Públicas culturais e educacionais, bem como a análise dos movimentos sociais e práticas educacionais e dos processos educativos em torno da infância e da juventude contribuindo para o aprimoramento da realização dessas políticas pelos órgãos governamentais. O Programa, ao eleger como eixo temático articulador a inter-relação entre Educação, Culturas e Identidades, remete a um processo de crítica epistemológica e de construção de uma práxis formativa inovadora de pesquisadores (as). Neste sentido, oferecerá uma formação plural, numa perspectiva interdisciplinar, para que, ao final do percurso, os (as) pós-graduandos (as) sejam capazes de compreender e desenvolver processos educativos e culturais complexos, diante dos desafios da contemporaneidade e responder às necessidades formativas em seus aspectos políticos, cognitivos, afetivos e culturais. Para alcançar os objetivos interdisciplinares propostos, as atividades acadêmicas do PPGECI serão constituídas de disciplinas e atividades relacionadas ao desenvolvimento e à formação de pesquisadores e de docentes-pesquisadores no campo da Educação, compreendendo-a enquanto um fenômeno interdisciplinar.

Objetivos

• Formar docentes e pesquisadores em um contexto complexo e dinâmico que marca os atuais tempos da sociedade do conhecimento, buscando analisar e compreender a inter-relação existente entre educação, culturas e identidades, entendendo a interdisciplinaridade como forma de trabalho cooperativo e integrado de produção do conhecimento em diferentes áreas com objetivo de responder à complexidade das demandas da sociedade atual.

• Analisar as tensões subjacentes à história da formação sociocultural brasileira e as conexões existentes entre os processos de construção de identidades na educação, desenvolvidas em espaços escolares, em movimentos sociais, em contextos rurais e urbanos;

• Analisar o desenvolvimento humano, os processos cognitivos, a aprendizagem e as políticas de atendimento à infância e à juventude em diferentes momentos histórico-culturais;

• Analisar programas educativos e culturais, compreendidos numa perspectiva de transformação social, econômica e geopolítica, com ênfase na formação humana e cidadã.]

 


 

O Programa

Apresentação

O Programa de Pós-Graduação em Agroecologia e Desenvolvimento Territorial (PPGADT), em nível Doutorado Profissional, que se constitui numa associação de Universidades da Região Nordeste do Brasil, formada pela Universidade Federal do Vale do São Francisco, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Universidade do Estado da Bahia, visa o somatório das potencialidades locais e regionais, objetivando a aquisição e o desenvolvimento de competências, formação e experiência diversificada, para compreender, refletir e atuar dentro da complexidade intra e interprocessual do desenvolvimento Agroecológico e Territorial, de modo interdisciplinar.

O PPGADT visa à formação interdisciplinar de profissionais de diferentes áreas de formação que serão capacitados para atuar na promoção da agroecologia e desenvolvimento territorial no que tange à diversidade socioambiental e aos desafios à transição agroecológica e promoção de sistemas agroalimentares sustentáveis.

Instituições de Ensino:

  • Universidade Federal do Vale do São Francisco – Sede Proponente
  • Universidade Federal Rural de Pernambuco – Polo
  • Universidade do Estado da Bahia – Polo

Nome do Programa: AGROECOLOGIA E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL

Área de Avaliação: Interdisciplinar

Área Básica: Câmara Temática I – Desenvolvimento & Políticas Públicas (Meio Ambiente e Agrárias)

Modalidade: Profissional                  Nível: Doutorado

Periodicidade da Seleção: Anual

Locais em execução:

  • Sede: Espaço Plural – UNIVASF 
    End.: BA 210 Km 04, Rod. Juazeiro/Sobradinho, Malhada da Areia – CEP: 48909-210 – Juazeiro/BA 
    Email: ppgadt@univasf.edu.br
  • Polo: Universidade Federal Rural de Pernambuco – UFRPE 
    End.: Departamento de Educação, R. Dom Manuel de Medeiros, S/N, Dois Irmãos, CEP: 52171-900 – Recife/PE | Fone: (81) 3320-6587
    Email: coordenacao.ppgadt@ufrpe.br
  • Polo: Universidade do Estado da Bahia – CAERDES – UNEB
    End.: Centro de Agroecologia, Energias Renováveis e Desenvolvimento Sustentável – CAERDES/ Departamento de Ciências Sociais – DTCS – III, Av. Paulo Rios Campelo, S/N, São Geraldo, CEP: 48904-719 – Juazeiro/BA
    Email: ppgadtdtcs3@uneb.br

Objetivos:
Geral: promover na região do semiárido, uma outra perspectiva em relação aos processos de apropriação, transformação, circulação, consumo dos bens naturais e excreção dos resíduos pelas sociedades dos distintos territórios. Mais especificamente, pretende-se abordar a produção de alimentos associada aos diferentes modos de vida e práticas dos camponeses, dos movimentos sociais do campo e dos povos e comunidades tradicionais, além de avaliar os agroecossistemas e os sistemas agroalimentares com base nos conceitos e ferramentas utilizados na Agroecologia e no Desenvolvimento Territorial.

Específicos: à Formar Profissionais:

  1. Dotados de uma efetiva base científica e técnica, comprometidos com o entendimento e aplicação de princípios, conceitos e métodos adotados pela Agroecologia e o Desenvolvimento Territorial, junto aos camponeses, movimentos sociais do campo e povos e comunidades tradicionais, visando uma perspectiva integradora e de natureza interdisciplinar, na busca de modos de vida sustentáveis.
  2. Capazes de contribuir com a construção e disseminação de conhecimentos científicos, políticos, econômicos, socioculturais e ambientais para a implantação e manejo de agroecossistemas qualificados, sob a perspectiva do desenvolvimento territorial.
  3. Preparados para atuar em processos educativos formais e não formais no campo da Agroecologia e do Desenvolvimento Territorial, consubstanciados em metodologias participativas na área do ensino, da pesquisa, da extensão e da inovação.
  4. Habilitados para desencadear processos de inovação sociotécnica e de transição agroecológica, utilizando-se de tecnologias socioecológicas para o redesenho de agroecossistemas e de sistemas agroalimentares mais sustentáveis, fortalecendo iniciativas e experiências importantes para desenvolvimento territorial.
  5. Tecnicamente capazes para formular, planejar, executar, monitorar e avaliar políticas públicas que contemplem aspectos socioeconômicos, culturais, ambientais e da saúde nos campos da Agroecologia e do Desenvolvimento Territorial em prol dos modos de vida dos camponeses, movimentos sociais do campo e povos e comunidades tradicionais.

 

 

Buy Sneakers | Nike nike dunk sb denim high heels sneakers fashion Shadow Pastel - Grailify

Best Authentic Sneakers | Nike Shoes